Este site utiliza cookies que só se mantém até o utilizador sair do site; ao navegar aqui está a aceitar a utilização de cookies nessas condições.

086 - Feira de gado

Feira de Gado em inícios do séc. XX, no Rossio de São João/avenida (antes da construção do caminho para a Estação da CP, iniciado em 1914, e que ocuparia parte desta paisagem). Ao fundo o perfil da outra margem, com o monte Molião ao centro, em par das duas casas adossadas - Foto de: António Crisógono dos Santos.

Ao contrário de muitas feiras francas criadas na Idade Média, a Feira Franca de Lagos foi instituída por deliberação camarária em 1931, com o objectivo de constituir uma nova feira anual de gado. Provavelmente o seu estabelecimento resulta de imperativos de ordem eminentemente comercial ligadas à dificuldade de escoamento e abastecimento de produtos. Quase até ao final do século XX localizou-se no Rossio de S. João, tendo depois transitado para o terreiro junto ao Estádio Municipal, onde hoje se realiza. Actualmente, esta feira decorre de 22 a 24 de Novembro, verificando-se, por vezes, a abrangência do fim-de-semana mais próximo quando este não coincide com a data fixada. Ali se comercializam artigos diversos como, fruta, vestuário, calçado e bijutarias, apresentando uma animação com vários divertimentos que, actualmente, constitui o aspecto mais apreciado das feiras.
Perdidas no passado, ficam as duas grandes feiras que se realizavam em Lagos, a de Agosto ou Feira de Nossa Senhora da Glória, em que se vendiam materiais ligados à actividade agrícola, nomeadamente à apanha do figo (esteiras, cestos, etc.), e a de Outubro ou Feira de Lagos, a mais antiga, periodicamente Franca, dedicada ao escoamento dos produtos do Verão e ao mercado de gado para a lavoura.

Preferências de Linguagem

Tags Populares

Imagem aleatória

Ver mais Informação