Este site utiliza cookies que só se mantém até o utilizador sair do site; ao navegar aqui está a aceitar a utilização de cookies nessas condições.

Jardim dos Amuados e Mercado Municipal

Jardim dos amuados e mercado municipal, nos anos 50 do séc XX - Foto de: Fotografia Borlinha

O jardim era assim denominado devido ao tipo de bancos ali colocados. Adjacente a este jardim, no alinhamento com a Rua da Capelinha, existia uma rampa para querenar embarcações e para o bota-abaixo dos barcos construídos no pequeno estaleiro que ali laborava.

Mercados - Entre 1904 e 1924
Mercados na Rua Porta de Portugal: O primeiro edifício, com os arcos (mais próximo do edifício dos Paços do Concelho) edificado pela Câmara Municipal em 1850, funcionou como mercado do peixe até 1904, altura da construção do segundo edifício que substitui o antigo nessa finalidade (comércio do pescado), e o antigo passou, provisoriamente, a praça da fruta.

Mercados - Depois de 1924
Com a reutilização/requalificação, em 1924, do actual edifício do mercado municipal da avenida, no local onde antes laborava a Fábrica Portugal (de conservas de peixe), e que por volta de 1915 foi destruída por violento incêndio que terá durado vários dias, aí se instalou o mercado das frutas e hortaliças, e o edifício que recebera provisoriamente essa função foi demolido; permanecendo abeirado ao rio apenas o mercado do peixe, até à sua demolição em 1958/9, para construção da Avenida dos Descobrimentos. Após 1958, o mercado da Rua Porta de Portugal recebeu também o comércio do pescado.

Preferências de Linguagem

Tags Populares

Imagem aleatória

Ver mais Informação