Este site utiliza cookies que só se mantém até o utilizador sair do site; ao navegar aqui está a aceitar a utilização de cookies nessas condições.

Forte Ponta da Bandeira

Forte Ponta da Bandeira visto do rio, a NE, em Jul 2017. Foto de: Francisco Castelo/CMLagos

Forte de Nossa Senhora da Penha de França, também conhecido por Forte Ponta da Bandeira, Forte do Pau da Bandeira ou Forte do Registo. Construído entre 1680 e 1690, defendia o acesso ao cais e os flancos sudeste e nascente da muralha da cidade, cruzando fogo com o baluarte da Porta da Vila e com o baluarte do Castelo dos Governadores. Concebido, ao tempo, como uma das fortalezas tecnicamente mais avançadas de todo o Algarve, a planta quadrangular, os volumes relativamente baixos e paredes bem grossas nas secções viradas ao mar, evidenciam uma arquitectura militar idealizada para aproveitar a guerra de artilharia. O fosso que envolve o forte é ultrapassado por uma ponte levadiça. As actuais guaritas cilíndricas foram introduzidas durante as obras efectuadas no final dos anos 50 do séc. XX; dado que as originais, maltratadas pelo sismo de 1755, foram retiradas pelo Coronel Sande Vasconcellos em finais do séc. XVIII. No interior, conserva-se uma pequena capela seiscentista forrada a azulejos. É um dos melhores e mais bem conservados exemplares do século XVII existentes em todo o Algarve, constituindo um autêntico ex-líbris das fortificações marítimas da antiga Praça de Guerra em Lagos.

Preferências de Linguagem

Tags Populares

Imagem aleatória

Ver mais Informação